Caminhadas

Flores, a Esmeralda do Atlântico

2 Dezembro, 2016 - 16:30

Caros Caminhantes,

Para quem ama a natureza e vive dela, como nós, os Açores são um local obrigatório. Contudo, das 9 ilhas existentes, há duas que se destacam ao nível da sua beleza natural, no seu estado mais puro: as Flores e São Jorge. Porém, é talvez a primeira que, na nossa opinião, ganha o título da mais bela e é sobre ela, as Flores, que vamos falar um pouco.

Esta pequena ilha com apenas 17km de comprimento e 12km de largura, mas 911m de altura, é seguramente um dos locais mais belos do mundo para se caminhar. Para isso contribuem 3 fatores: o dramatismo da sua topografia, com falésias e morros impressionantes com várias centenas de metros de altura, a variedade de plantas e a sua profusão, as quais se estendem até ao oceano e a incrível quantidade de água que encontramos em toda a ilha, originando um sem número de ribeiras, muitas das quais se lançam em monumentais quedas de água, bem como 7 lagoas. Sendo que uma delas, a Funda, faz jus ao nome, pois com os seus 120m de profundidade é a mais funda de todo o arquipélago. Tudo isto com o poderoso Atlântico em seu redor e ao fundo, a cerca de 18km, a ilha do Corvo, a mais pequena de todo o arquipélago, à espera de ser, também ela, digna da nossa visita e acreditem que é.

Existem cerca de 12 trilhos PRs (pequenas rotas), boa parte deles bem sinalizados. Mais recentemente, foi igualmente criada, recentemente, a Grande Rota das Flores (GR01FLO), com cerca de 46km, também ela muito bem sinalizada.

Em termos de equipamento, e para além do óbvio, alertamos para a grande quantidade de zonas húmidas, pelo que umas boas botas de caminhada e umas perneiras (proteção em material impermeável ou semi-impermeável que se ligam das botas até abaixo do joelho) são fortemente aconselháveis, para além, claro está, de um casado corta-vento e impermeável.

Flores aguarda pela vossa visita, prometemos que não ficarão desiludidos.

Francisco Mendonça

[email protected]