Vamos lá então falar da Rádio.

Pedro Fernandes // Fevereiro 13, 2023
Partilhar
rádio
rádio

Não sei se também o fizeram, mas eu, em criança, brincava à rádio. 

Chamava-se Rádio Júnior e o slogan era: “Feita a cem por cento para ser ouvida a 40 graus”. E a nossa frequência (fictícia, claro) era 100.4 FM. Eu e alguns amigos juntávamo-nos em minha casa e, com a ajuda de um gravador de cassetes, um microfone e um órgão com alguns efeitos sonoros básicos, passávamos as tardes a inventar programas, entrevistas, noticiários, anúncios e até rádio-novelas. E divertíamo-nos à brava a fazer aquilo.

Nesta altura ainda estava longe de pensar que a minha vida profissional poderia passar por um estúdio de rádio diariamente. 

Antes, durante a faculdade, voltei a sentir a tal magia no módulo Rádio, parte integrante da cadeira de Laboratório Audiovisual e Multimédia. 17 valores deixaram-me a pensar que teria algum jeito para aquilo. Mas o curso era de Publicidade e Marketing e era aí que estava a minha cabeça. Na altura queria ser criativo publicitário, coisa que nunca fui. O mais próximo que estive foi quando inventei o sistema de velcro que anunciava os cêntimos de desconto por litro de combustível nos postos de abastecimento de uma conhecida gasolineira. Genial!

Depois veio o Teatro (universitário) e a televisão. Duas grandes paixões. E a Rádio foi ficando esquecida. 

Mas, como em muitas outras alturas na minha vida, as melhores coisas aparecem quando menos espero. Foi assim com a minha mulher e foi assim com a Rádio. 

Quando surgiu o convite da RFM já a televisão me ocupava quase todo o tempo que tinha. Muitas horas de escrita, gravações e diretos absorviam-me completamente. Mas o famoso “bichinho” da Rádio não me deixou dizer que não, mesmo que isso implicasse acordar todos os dias às cinco e meia da manhã e os meus dias se tornassem muito mais longos. E lá fui eu. 

“Quem corre por gosto não cansa” é uma grande verdade e assim a correr se passaram 6 anos! 

Descobri que acordo sempre bem disposto independentemente da hora, mas confesso que prefiro acordar às 10h, como agora. Das 18h às 20h na RFM lá estou eu com a Mariana Alvim.

Desde que tenha encontro marcado com a Rádio todos os dias, sou feliz. E com a minha mulher e os meus filhos também. 

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais