Objetivos: transformar um contratempo numa vantagem "competitiva"

Ana Bispo Ramires // Fevereiro 2, 2017
Partilhar

Passado um mês do início de 2017, alcançámos o timming certo para avaliar a evolução do objetivo a que nos propusemos:

  • Era um objetivo razoável (mas desafiante) ou irrealista (precisa reformular a sua “escala” de expetativas)?
  • Em 1 mês, qual seria a margem de progressão que imaginou e qual foi a real? Conseguiu dar os primeiros passos para alcançar o seu propósito?
  • Quais foram os principais obstáculos? Que contingências surgiram?
  • Que justificações encontrou para estes contratempos?
  • Que soluções procurou atuar? Que resultado obteve?
  • E agora, mantém esse objetivo ou desistiu dele?

Preocupado(a) com as suas respostas? Não fique… afinal, está tudo a correr muito bem!!!

Na realidade, não imagino uma única coisa na Vida que me tenha devolvido Alegria, Satisfação e/ou Felicidade que não me tenha exposto a uma imensidão de contratempos e obstáculos… Consegue imaginar?

Acontece que, por vezes, estamos tão envolvidos na ação que nem damos conta que o estamos a fazer, a contornar entraves, a “inventar” soluções… a persistir (a bela da “teimosia” bem direcionada e com foco) e, por isso, não valorizamos esta preciosíssima competência – focar e ultrapassar a adversidade.

Frequentemente, tendemos a desistir após os primeiros contratempos porque, erradamente, confundimos um contratempo com fracasso.

Talvez seja interessante, mudar um pouco a perspetiva que temos sobre um contratempo.

De uma forma lata, poderíamos caracterizar um contratempo como:

  • um erro cometido
  • uma distração
  • estarmos exaustos
  • perdermos, momentaneamente, a vontade
  • ficarmos reféns da pressão
  • a nossa agenda ter-se complicado
  • CONTUDO, melhor ou pior, vamos mantendo o foco no objetivo (um dia de cada vez)

Uma análise fria de todas estas alíneas, permite-nos constatar que, na realidade, trata-se apenas de INFORMAÇÃOinformação que nos ilustra áreas que temos de otimizar para alcançarmos o nosso objetivo.

Dentro desta perspectiva, UM CONTRATEMPO, é a informação preciosa de que necessitamos para AJUSTAR os NOSSOS ESFORÇOS na DIREÇÃO CERTA, por forma a sermos mais eficientes e céleres na prossecução dos nossos objetivos, logo, é fundamental que os consigamos IDENTIFICAR para ALAVANCAR a progressão que desejamos.

E, imagine a seguinte imagem: tem um FURO num pneu na auto-estrada… Como ATUA? Fura os outros 3 pneus?…
Não, pois não? 😉
Repara o pneu, avalia o que aconteceu para que não se repita… e SEGUE o SEU CAMINHO…

Então, vá… vá buscar de novo a lista dos objetivos que deixou para trás… perdão, interrompeu… aprenda e SIGA, esse é o CAMINHO!

Afinal, não somos o que nos aconteceu, somos o que escolhemos ser… e…

(continuaremos a falar sobre este tema no artigo seguinte)

Ana Ramires

ana.bispo.ramires@anabisporamires.com

00351 939 019 190

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais