O que esperar da saúde em 2022?

Fátima Lopes // Janeiro 3, 2022
Partilhar
saúde
saúde

Iniciamos o ano aqui no Simply Flow, com este tema: “O que esperar da saúde em 2022?”. É uma pergunta difícil e adorava ter uma bola de cristal para poder adivinhar a resposta. 

Não sei o que vai acontecer com a pandemia, com as variantes, as vacinas e respetivas doses. Não sei se o “confina e desconfina” veio para ficar e temos de nos habituar a viver numa espécie de intervalo entre soluços. Mas há coisas que sei. Que mais do que nunca temos de ter uma atitude responsável com a nossa saúde. 

Mais do que nunca temos de ter uma atitude responsável com a nossa saúde. 

Apostar na prevenção, na prevenção e na prevenção. Casa roubada, trancas à porta, não dá mais. Descuidarmos a nossa saúde e bem-estar físico e mental, dá asneira garantida. Não podemos adiar mais a adoção de uma alimentação equilibrada, a prática de exercício físico, um sono de qualidade, não fumar, beber álcool moderadamente, controlar o peso, gerir o tempo de forma equilibrada para que haja tempo de qualidade para nós e gerir bem as emoções. Temos mesmo de pôr na nossa agenda, uma visita ao nosso médico de família, para fazer as análises/exames de rotina e verificar como está a nossa saúde.

Um estilo de vida saudável, é o único caminho se quisermos viver com qualidade. 

As nossas defesas físicas para funcionarem, precisam que façamos escolhas amigas da nossa saúde. E isto é o quê, numa frase? É adoptar um estilo de vida saudável, que passa por tudo aquilo que disse atrás. Falta um ponto importantíssimo para o nosso equilíbrio e bem-estar: a saúde mental. Para se manter intacta, a saúde mental também precisa de ser cuidada. A utilização de ferramentas acessíveis a todos, como por exemplo a meditação, ajuda e muito. Há que ter consciência que às vezes não chega e precisamos mesmo da ajuda de profissionais como terapeutas, psicólogos e psiquiatras, que nos orientem e apoiem no caminho da recuperação. 

Este ano, estejam particularmente atentos ao tema da saúde mental. 

Muitas pessoas não têm recursos psicológicos para lidar com as voltas que as suas vidas deram desde a chegada da pandemia. Temos de estar atentos a nós e aos que estão à nossa volta, para conseguirmos detetar sinais de que algo se está a passar e tentar assim ajudar. É um ano desafiante a nível da nossa saúde, mas de mãos dadas será seguramente mais fácil de viver. 

Nota: Fotografia por Verónica Silva

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais