O prazer de viajar

Luís Baião // Fevereiro 29, 2020
Partilhar

Viajar é nascer e morrer a todo o instante.”

Victor Hugo

Se, tal como eu, tens um viajante dentro de ti, não percas a oportunidade de te aventurares por aí. Seja em viagens de grupos, que nos levam a conhecer tantas pessoas e a partilhar os nossos dias de viagem. Seja sozinho a ir para aventura. O importante mesmo é viajar. Mas, para que a viagem se torne um verdadeiro prazer, faz um plano para tirares maior proveito dos locais escolhidos.

Mesmo que planeies um pouco a viagem, as emoções estão sempre garantidas porque vais para o desconhecido. Vais descobrir novas vibrações dentro de ti, que fazem parte do processo do prazer de viajar. Quando voltamos, apenas com o recordar sentimos os cheiros do lugar e tantas coisas subtis que ficam registadas em nós. E esse é um prazer que apenas nós podemos sentir. É único e intransmissível. Não existem palavras para descrever tudo o que sentimos, tudo o que experienciamos, tudo o que ficou gravado em nós.

4 passos que fazem parte de uma viagem:

Sonhar, planear, executar e celebrar são quatro partes importantes. Quatro passos que fazem parte do projecto de fazer uma viagem. Qualquer um destes quatro passos é fantástico e saboroso. 

. Sonhar

Os destinos, esses, podem aparecer em qualquer lado. Não importa como; Podem surgir em sonhos de criança, em livros que lemos, conversas que tivemos, filmes que vimos e por aí fora. Importante é seguir o fluir e o nosso intuir. Importante é perceber que sentes o disparar de emoções dentro de ti com alegria e que isso aumenta quando se aproxima o dia de começar a aventura.

. Planear

Planear uma viagem com antecedência também é uma viagem prazerosa. Pesquisar todas as informações das mais diversas fontes e formas: revistas, blogs, internet, guias de viagens, televisão… Tudo é válido. E podes encontrar algumas dicas boas e interessantes para planear. Cada um de nós é a pessoa certa para esse sentir porque mais ninguém conhece melhor o nosso ser do que nós mesmos.

. Executar

Com tantos meios à nossa disposição cada vez mais se pode ter uma ideia dos locais para tirar maior prazer e proveito dos mesmos. Não te preocupes porque mesmo que conheças tudo que está nos livros, se nunca lá foste, tudo o que viveres vai superar as expectativas. Estejas tu entregue à viagem com alma e olhos de viajante. Esses olhos que te podem levar a estar sempre em permanente viagem.

. Celebrar

O importante, mesmo, é partir da nossa aldeia e ver que no mundo existem vários mundos.

Boas viagens prazerosas que ficam registadas na alma.

Quando estamos de partida desta existência física, vamos recordar, sim, as viagens que fizemos porque elas alimentaram o nosso ser. Afirmo isto com conhecimento de causa. Quando tive um cancro em 2011, não sabia se ia viver ou morrer. Nessa altura perguntei aos meus companheiros de Quimioterapia e Radioterapia o que gostariam ainda de fazer na vida e o que gostaram mais de fazer. Todos me responderam que adorariam viajar mais e que recordavam com prazer as viagens que fizeram, mostrando um brilho incrível nos olhos. Quando partimos o que levamos é o que vivemos.

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais