É possível corrigir o estrabismo?

Eugénio Leite // Fevereiro 13, 2024
Partilhar
estrabismo
estrabismo

O estrabismo, uma condição ocular caracterizada pelo desalinhamento dos olhos, é uma preocupação que afeta todas as idades, exigindo abordagens distintas para crianças e adultos. Será que é possível corrigir mesmo que seja muito evidente?

Os diferentes tipos de estrabismo têm todos correção cirúrgica com índices de sucesso elevados, mas nem sempre total. Convém dividi-los consoante a idade e causa.

Estrabismo nas crianças

Na criança, a primeira medida de tratamento a ser tomada é a prescrição de óculos, caso haja necessidade. É o estrabismo acomodativo, já que o tratamento passa pela correção do erro refrativo (hipermetropia) através de óculos.

Se há ambliopia ou olho preguiçoso deve ser realizado um oclusor sobre o olho com boa visão para a estimular a visão do olho preguiçoso.

Se a problemática se mantiver é necessário realizar uma cirurgia aos músculos oculares. 

Estrabismo nos adultos

Nos adultos com estrabismo latente (forias), o tratamento é o uso de óculos, se necessário, e exercícios de ortóptica devem ser usados para manter o alinhamento dos olhos.

Nas formas de estrabismo evidente no adulto é necessária uma intervenção cirúrgica ocular para correção.

Se ocorreu por causa da perda de visão, esta terá de ser, primeiramente, corrigida e só depois se avança para a realização de intervenção cirúrgica. Corrigir erros refrativos é mandatório nestes doentes (óculos ou cirurgia).

A cirurgia deve ser realizada se houver indicação cirúrgica. Sendo que se o estrabismo for adquirido (paralítico), deve-se intervir cirurgicamente só após tratamento médico com oclusão de um dos olhos para evitar a diplopia, durante pelo menos seis meses.

A cirurgia não pode ser realizada com tecnologia laser.

Isto acontece porque a problemática não está no olho, mas, sim, na musculatura extraocular e o procedimento cirúrgico não é feito dentro do olho. Assim, a técnica cirúrgica será escolhida consoante o tipo de estrabismo em causa.

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais