Diz-me como se porta o teu filho e digo-te como podes agir com ele!

Bárbara Ramos Dias // Março 9, 2020
Partilhar

“Mãe, adoro-te, não te esqueças, saio às 16h30.”

“Mãe, hoje saio ao 12h. Beijinhos, adoro-te.”

Todos os dias, a minha filha Francisca enviava este tipo de SMS. Nunca cheguei atrasada e muito menos me esqueci dela na escola ou em qualquer outro sítio. Mas, o medo dela e o facto de antecipar cenários negativos, fazia com que estivesse sempre preocupada, que eu me esquecesse ou que me acontecesse alguma coisa que impedisse de a ir buscar. O que fiz? Dei-lhe segurança, antecipava-me e enviava SMS, a dizer que a ia buscar às tais horas e que a adorava. Ela começou a sentir-se mais segura e hoje até já vem ter comigo a pé até ao consultório. O medo bloqueava-a, precisava de se sentir segura.

O Vasco, bem diferente, testava sempre os limites, era um “doce pestinha”. Se o castigava, a “raiva” dele aumentava muito e fazia pior. O pequenino, o Vicente, queria ser sempre o melhor em tudo, se não fosse, ficava muito triste e não sabia lidar com frustração. Para mim, o difícil é lidar com a rotina, planear e não me divertir a fazer as coisas. Já para o Nuno, o importante é ter sucesso, como o pequenino. Agora, imaginem como é gerir todas estas diferenças lá em casa? Identificas-te? 

Como lidar com as diferentes personalidades dos nossos filhos?

Muitas vezes, damos por nós a pensar “mas, porquê que eles têm a mesma educação, têm os mesmos pais e são tão diferentes?”. Fácil! Porque têm personalidades diferentes, percepções, crenças, medos, energias e motivações distintas.

Já conhece o eneagrama?

Desde que o eneagrama entrou na minha vida, tudo começou a fazer muito mais sentido. O eneagrama estuda a personalidade, dividindo sujeitos em nove tipologias:

  1. Perfeccionista;
  2. Prestativo;
  3. Competitivo;
  4. Romântico;
  5. Observador;
  6. Questionador;
  7. Entusiasta;
  8. Controlador;
  9. Harmonioso.

Mas, atenção, temos de nos lembrar, que, primeiro, não somos números, nem robots, somos pessoas com todas as nossas individualidades. Segundo, as crianças encontram-se em desenvolvimento psicológico, pelo que vão evoluindo nos seus comportamentos, talentos e pontos a melhorar

Uma ferramenta de autoconhecimento muito útil

Assim, esta maravilhosa ferramenta de autoconhecimento, ajuda-nos na Psicologia a orientar. Permite que sejam identificados os nossos padrões comportamentais, bem como elementos motivadores e desmotivadores. Possibilita, ainda, que o indivíduo se torne consciente das suas emoções e como elas  influenciam diretamente nas suas ações e decisões.

Agora imagina, com a ajuda deste fantástico instrumento, conseguires melhorar a comunicação com os teus filhos, deixares de gritar de manhã à noite, conseguires ditar as regras, bem como todos os desafios que nós pais passamos regularmente.

As respostas às habituais perguntas: “porque se portam assim?”; “O que posso fazer? Já não sei mais…”, têm agora resposta. Mas, lembramos, que as crianças encontram-se em desenvolvimento psicológico, pelo que podem evoluir os seus comportamentos, talentos e pontos a melhorar. Nada é estanque, somos humanos, não “robôs”. No entanto, se soubermos identificar os talentos e os aspetos a melhorar de cada tipo de personalidade, conseguimos lidar melhor com eles, bem como educá-los

Como tirar partido do eneagrama?

Claro que devemos agir e actuar com os nossos filhos de forma diferente, embora muitos pais pensem o contrário. Ou seja, motivar para estudar, por exemplo, um menino do Tipo  7 (Entusiasta), onde a motivação principal é o prazer, é diferente de motivar um Tipo 2 (Prestativo), onde a motivação é o sentir-se reconhecido. Ou se um adolescente Tipo 8 (Confrontador) te pede para sair à noite e tu não deixas, a reação vai ser diferente da do Tipo 9 (Hamonioso), que só quer paz e harmonia e evitar conflitos. O mesmo acontece com regras, limites, castigos e rotinas.

Imagina o que seria chegares a casa sem discussões, sem gritos, zangas, e no lugar disso, teres jantares divertidos, banhos tranquilos e serões de brincadeira.

Eneagrama – Tipos de personalidade, motivações e medos

Tipos de Personalidade EneagramaMotivação de cada TipoMedo de cada Tipo
Tipo 1
Perfeccionista
Ser perfeito, ter tudo arrumado e organizado Medo de errar
Tipo 2 PrestativoSer reconhecido pelo que é, sentir-se importante para as pessoas que amaMedo de perder o outro
Tipo 3
Competitivo
Ser reconhecido por tudo o que faz, ser competitivo, ser o melhor em tudoMedo de não ser o melhor, reconhecido pelo que faz
Tipo 4
Romântico
Sentir-se o mais amado, o especialMedo de ser abandonado
Tipo 5
Observador
Saber e conhecer sempre maisMedo de não saber o suficiente
Tipo 6
Controlador
Sentir segurança
Medo de se sentir inseguro, medo do medo, medo de tudo
Tipo 7 
Entusiasta
Ter prazer no que fazMedo de sentir dor
Tipo 8
Confrontador
Ter tudo sob controlo, ser o mais forteMedo de ser atacado
Tipo 9
Pacificador  
Ter paz e harmonia e evitar conflitoMedo do confronto/conflito

Eneagrama – Como educar cada Tipo de personalidade?

  • Tipo 1 – Ensina que pode errar, sujar-se, desarrumar, brincar e que tu o vais amar da mesma forma. Verbaliza várias vezes que ele não tem de ser perfeito, para que tu o ames;
  • Tipo 2 – Este tende a ser “mãe” da família, ajuda-o a sentir que não precisa de fazer nada para ganhar o teu amor e quando perceberes que te está a agradar só para conseguir aquilo que quer, mostra que não irá conseguir. Não condiciones o teu amor, ao seu bom comportamento. Ensina-o a perceber quais as suas necessidades;
  • Tipo 3 – Ajuda-o a acalmar e a saber lidar com stress. Ensina-o a falar sobre aquilo que sente. Mostra – através de jogos de tabuleiro, jogo do galo, etc. – que nem sempre se pode ganhar, umas vezes ganhamos, outras perdemos. Tenta ser pragmático, pouco emotivo. Incentiva a ter tempo livre para relaxar. Valoriza os seus sucessos, mas chama a atenção quando for demasiado vaidoso. No fundo a sua autoestima não é tão forte como aparenta. Evita interromper quando ele estiver a fazer coisas que gosta muito. Diz várias vezes que gostas dele pelo que ele é e não pelo sucesso que tem e pelo que faz; 
  • Tipo 4 – Estes meninos têm muito medo de ser abandonados. Chega sempre a tempo quando o vais buscar à escola. Não te atrases e garante que nunca o vais abandonar. Mostra quais os seus talentos, para além daqueles que ele reforça em si;
  • Tipo 5 – Quando ele quiser estar sozinho, deixa-o carregar baterias isolado. Ele precisa do seu espaço, respeita-o. Para ele, é difícil lidar com emoções, pergunta-lhe como quer receber o teu carinho;
  • Tipo 6 – Dá-lhe segurança; Não digas que “te apetece fugir”. Diz que o amas muito e mostra isso com segurança. Planeia as coisas com ele. Não chegues atrasado;
  • Tipo 7 – Põe-lhe limites. Ajuda-o a terminar tarefas, obrigando-o a terminar primeiro cada tarefa, antes de passar para a próxima. Negoceia com ele. Ensina-o a lidar com dor (sentimentos negativos) e a perceber que a vida também tem sofrimento e rotina, não é só diversão;
  • Tipo 8 – Mostra quem manda. Não permitas nunca que te levante a voz ou a mão! Põe limites e regras muito bem definidas. Ensina que também pode chorar, que não precisa ser sempre o forte da família. Em vez de castigos, mostra-lhe o teu amor e abraça-o, assim irá “derreter”, se o confrontares com gritos, ele ficará pior;
  • Tipo 9 – Dá-lhe muita atenção para que se sinta valorizado. Ensina-lhe a pôr limites aos que o rodeiam e expressar aquilo que não gosta. Mostra que pode manifestar a zanga e raiva, e que nada lhe vai acontecer. Ensina-o a tomar decisões. 

Conseguindo colocar-te no “sapato do teu filho”, consegues empatizar perceber como se sente, como pensa e como melhor podes agir com ele sem gritos, sem zangas constantes e discussões.

Como saber qual o Tipo de personalidade do meu filho? E o meu?

Como podes saber quais os Tipos dos teus filhos, ou o teu? Fácil, numa consulta fazemos o teste. É rápido e muito prático. E dou-te logo dicas. 

Se tens dúvidas entra em contacto comigo. Dúvidas não trazem resultados!

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais