De que forma o amor-próprio fortalece a imunidade?

Stephanie Afonso // Julho 9, 2024
Partilhar
amor-próprio
amor-próprio

O amor-próprio é visto muitas vezes como um luxo ou mesmo como um ato egocêntrico quando, na realidade, é uma componente fundamental do nosso bem-estar emocional, mental e energético. Deve ser olhado como uma medicina de cura infalível e devemos urgentemente desmistificar crenças limitantes e mitos acerca deste ato tão nobre que é o amor-próprio.

A verdade é que nunca ninguém nos ensinou a amar quem somos, aliás, sempre fomos ensinados a amar o que fazemos e isso, na vida adulta, tem um preço muito alto a pagar, quer na nossa saúde mental, quer na relacional, pois, cria carências, dependências, comparações e até mesmo doenças.

Devemos gostar de quem somos independentemente do que fazemos ou temos, porque o amor vem de um estado interno de autoconhecimento, autoaceitação, autovalorização e autorespeito.

Segundo a Psicologia, o amor-próprio é um conceito multidimensional e envolve o apreço, o respeito e a aceitação do que somos com as nossas imperfeições, falhas e potencialidades.

Cultivar uma autoimagem positiva do que somos é aquilo que vai ajudar a desenvolver uma forte autoestima (boa avaliação de nós). Isto significa que ao gostarmos de nós faz com que o nosso corpo ganhe anticorpos e promove uma ativação de neurotransmissores, ocitoxina e serotonina que nos oferece saúde.

Ao termos mais prazer e alegria temos menos doenças do foro emocional e físico. Assim, ter amor-próprio é um caminho para a imunidade.

Temos imunidade social contra as opiniões diferentes das nossas.

Temos imunidade emocional quando as emoções desagradáveis aparecem.

Temos imunidade mental contra a voz que sussurra que não somos capazes.

Temos imunidade física quando o tempo arrefece.

Temos imunidade porque gostamos de nós e com isso cuidamos de quem somos com carinho, atenção, compaixão e generosidade quando os momentos são desafiantes.

Nas minhas consultas e eventos terapêuticos presencias tenho visto grandes transformações e aumento de qualidade de vida quando as pessoas descobrem o caminho do amor-próprio. Porquê? Porque começam a sentir que tudo se interliga e optam pelos recursos mais naturais para se autocuidarem diariamente.

Para que possas sentir um pouco desta inspiração do amor-próprio a minha sugestão é que possas regar o teu jardim florido com um ritual de amor-próprio. 

Vou dizer-te como:

Acende uma vela cor rosa. Deixa que essa vela aqueça o teu coração e a mente relaxando cada vez mais o teu corpo;

Inspira amor e expira dor (pelo menos 3 vezes);

Coloca umas gotas de óleo essencial de ylang ylang;

Fecha os teus olhos e sente que estás num verdadeiro jardim, cheio de flores coloridas e que elas te inspiram a ver a vida com mais cor, doçura e esperança;

Deixa-te estar nesse colo e estado pelo menos 10 minutos.

Esta semana permite-te fazer esta prática, caso não tenhas a vela ou o óleo essencial não te preocupes fica só com essa visualização.

Cuida de ti e lembra-te de que onde há amor não há tanta dor.

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais