Como ter mais prazer na sexualidade?

Laira Ramos // Fevereiro 28, 2020
Partilhar

As mulheres estão cada vez mais preocupadas com a sua sexualidade, com o direito de terem prazer e não apenas de darem prazer ao seu parceiro. A independência feminina tem ajudado muito nesse aspecto e já é mais aceite pela sociedade as mulheres procurarem o seu prazer e a respetiva satisfação sexual. 

A importância da mulher conhecer e explorar o próprio corpo.

A primeira coisa que as mulheres devem fazer é descobrirem o próprio corpo, entenderem a anatomia do corpo feminino e encararem a sexualidade como algo natural, sem tabus. 

Anatomicamente temos uma desvantagem em relação aos homens, pois o pénis é muito mais acessível que a vulva, o nosso órgão sexual externo. Os homens têm um contacto muito mais natural e saudável com o pénis do que nós temos com a vulva. Isto porque os homens precisam de pegar no pénis várias vezes por dia para a micção e fazem-no de uma maneira muito natural. Nós, mulheres, na grande maioria das vezes, limpamo-nos bem rápido para nos tocarmos o mínimo possível.

Então, para começarmos o trabalho de casa temos de aceitar o nosso corpo. Entender a nossa anatomia. Pegar num espelhinho e dar uma olhadela “lá em baixo” para conseguirmos ver como realmente somos. Depois desse trabalho de visualização podemos, então, começar o trabalho de exploração. E, aí vem outro tema que é um grande tabu entre nós mulheres e muito aceite para os homens: a masturbação. 

Descubra o seu próprio corpo e aquilo que lhe dá prazer.

A masturbação é extremamente saudável e necessária. É através da masturbação que conhecemos o nosso corpo e entendemos o que nos dá prazer. As mulheres têm o direito, assim como os homens, de se tocarem, de entenderem o seu corpo, de conversarem com o próprio corpo e descobrirem os seus pontos de prazer. Esta autodescoberta levará a mulher a entender que ela é dona do seu próprio corpo e do seu prazer. 

Depois da descoberta do seu corpo outra coisa coisa que ajuda a melhorar o seu prazer são novas experiências, novas vivências, novas aventuras. 

Deixe-se surpreender por novas experiências, novas aventuras.

Quando estamos abertas para a descoberta conseguimos descobrir o que gostamos e também o que não gostamos. Quando falo em novas descobertas vale desde sexo na cozinha, uma posição diferente, assistir a filmes eróticos, utilizar brinquedos de sexshop. 

Para quem está num relacionamento longo saiba que existem várias maneiras de inovar, de mudar a sexualidade, de descobrir novas coisas com o mesmo parceiro. Na verdade, os relacionamentos longos são grandes aliados da inovação, pois a intimidade permite que o casal esteja mais à vontade. 

Quando existem problemas relacionados com a sexualidade é importante procurar ajuda especializada.

Algumas vezes a falta de prazer acontece devido a questões relacionadas com o corpo, nomeadamente por causa do períneo. Como já falámos aqui anteriormente, uma das funções desses músculos é fechar a vagina e sustentar o clitóris, tendo assim um papel muito importante no nosso prazer. Com o avançar da idade, com a gravidez, com o parto vaginal, etc., estes músculos podem ficar mais fracos e a mulher pode ter a sensação de a vagina estar mais aberta, fazendo com que ela tenha menos prazer durante a penetração, uma vez que o contacto com pénis diminui. A fraqueza do períneo também pode levar a mulher a ter mais dificuldade em atingir o orgasmo, pois pode diminuir os estímulos no clitóris. 

Estas mulheres podem procurar um fisioterapeuta que tenha formação em Uroginecologia – fisioterapia especializada para reabilitar e fortalecer o períneo -, ajudando a mulher a conhecer o seu corpo para melhorar o seu prazer e os seus orgasmos

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais