Aqui estou, queridos pais

Susana Amorim // Junho 1, 2021
Partilhar
queridos pais
queridos pais

Queridos pais,

Antes de aqui estar, de olhos bem abertos seguindo todos os vossos movimentos, sei que já existia em vocês.

Comecei por ser Pensamento… 

Sim, pensaram que seria bom que eu fizesse parte da vossa vida. Imaginaram-me e sorriram.

Depois fui Desejo… 

Um bonito desejo que vos uniu ainda mais e me fez crescer.

Entretanto fui Crescimento… 

Aconcheguei-me na tua barriga, mãe, e fiz-me notar para que me sentisses com as tuas mãos, pai.

Estava tão ansioso por vos ver!

E agora aqui estamos nós, eu e vocês, querida família! Unidos pela esperança de uma vida feliz!

Estão com receio, eu sei. Sou a mais importante tarefa das vossas vidas! 

Vou absorver cada gesto, cada olhar, cada tom com que uma palavra for dita, e, serem conscientes disso, dá-vos a noção da vossa grande responsabilidade.

Vou aprender tudo convosco, mas vocês também vão aprender muito comigo (espero!), com cada choro meu, com cada sorriso, com cada som, com cada teimosia, com o meu amor incondicional por vocês!

Cuidem-me com toda a vossa atenção, mas cuidem-se a vocês também.

Terão de ser pacientes comigo, pois muitas vezes vou deixar-vos cansados. É que o meu corpo, que tão depressa cresce, exige muito de mim e ainda estou a adaptar-me a ele e a toda esta nova forma de viver.

O amor é o meu melhor alimento. 

Não se esqueçam de semear em mim valores como a gratidão, a sensibilidade, a confiança e a segurança, para que eu floresça e perfume o meu mundo com eles. E também para que eu possa um dia mais tarde semeá-los nos outros. 

Dêem-me colo, olhem-me nos olhos, falem comigo, sintam o toque da minha pele macia… preciso tanto do vosso toque, do vosso cheiro, de vos ter e sentir perto de mim! 

Não esperem que eu seja como vocês desejam, deixem-me ser eu próprio. 

Tenho uma forma única de comer, de dormir e de demonstrar o que preciso. Não me comparem com ninguém.

Vou precisar sempre da constante expressão do vosso amor, seja eu como for.

Vou crescer tão rápido, vão ver, ao meu ritmo, claro. 

Um dia destes vou conseguir segurar o pescoço e ver melhor tudo o que me rodeia. Depois vou poder sentar-me, arriscar e arrastar-me, arriscar ainda mais e gatinhar, até ser capaz de me erguer nas minhas pequeninas pernas, de forma ainda insegura, mas já com uma grande vontade de explorar este mundo a estrear-se para mim! 

Vou cair e levantar-me, cair e levantar-me, sem nunca desistir, até aprender como andar firmemente… primeiro com pequeninos passos, ganhando equilíbrio, e depois logo a correr, saltitante, sem querer a vossa ajuda, mas sempre à espera dos vossos braços abertos para onde voltar e aterrar contente.

Confiem nas minhas capacidades. Encorajem-me a descobrir o Mundo, pois assim estarão a ajudar-me a descobrir-me a mim próprio!

E não se esqueçam de uma coisa queridos pais: se forem felizes, eu, seguramente, também o serei! 

O vosso bebé, que vos adora!

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais