A profissão farmacêutica em Portugal

António Hipólito de Aguiar // Setembro 26, 2020
Partilhar

Sabia que os medicamentos que toma são investigados, produzidos e distribuídos por farmacêuticos? E sabia que os resultados das análises que faz ao sangue são da responsabilidade de farmacêuticos? Tinha ideia que a qualidade das águas, do vinho ou de alimentos também são assegurados por farmacêuticos? De facto, o farmacêutico é um agente de saúde que tem como primeira e principal responsabilidade a saúde e o bem-estar do doente e do cidadão em geral.

Em Portugal existem sensivelmente 15 mil farmacêuticos e exercem a sua atividade em diversas áreas, nomeadamente a farmácia comunitária (a tradicional farmácia instalada em praticamente todos os bairros), as análises clínicas (os laboratórios que fazem a colheita e análise de sangue e outros fluídos biológicos produzidos pelo nosso organismo), indústria farmacêutica, farmácia dos hospitais, ensino e investigação, distribuição farmacêutica, entre outras.

O farmacêutico, em muitas circunstâncias, é o primeiro recurso em termos de aconselhamento profissional na área da Saúde.

Do ponto de vista da distribuição geográfica, este profissional “cobre” Portugal de Norte a Sul, de Este a Oeste, no continente e nas ilhas, e, em muitas circunstâncias, é o primeiro recurso em termos de aconselhamento profissional na área da Saúde, já que muitos são os Portugueses que se socorrem em primeiro lugar das farmácias quando apresentam algum problema de saúde.

O facto de os farmacêuticos exercerem a sua atividade profissional em vários domínios prende-se essencialmente com a sua preparação académica diversificada. O plano curricular do mestrado integrado tem, desde os primórdios do curso, contemplada uma diversidade de matérias que os restantes cursos superiores existentes na área da saúde não contemplam. Tem, reconhecidamente, sido apanágio destes profissionais centrarem-se na pessoa do doente e nos meios tecnológicos para a deteção, correção e cura da doença.

Mais do que um profissional de saúde, um “amigo”.

Estou convicto que a população encontrará nos farmacêuticos, mais do que um profissional de saúde competente, um “amigo”. Estes, de uma forma graciosa, contribuem de forma empenhada para resolver vários problemas de saúde com que os Portugueses vão sendo confrontados no dia-a-dia, colaborando com outros profissionais de saúde, sejam médicos e enfermeiros ou outros profissionais, para que se sinta sempre apoiado 24 horas por dia, 365 dias por ano.

Confie nos Farmacêuticos. Lembre-se que eles estão sempre perto de si para o servir melhor.

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais