A Importância da Voz

Fátima Lopes // Abril 16, 2019
Partilhar

O meu professor de voz Luís Madureira tem-me ensinado muito. Precisamos de cuidar da saúde da nossa voz, tal como de qualquer outra parte do nosso corpo. Tenho aprendido muito com ele e hoje, no Dia Mundial da Voz, quis partilhar convosco um pouco dessas aprendizagens, fazendo-lhe algumas perguntas.

Fátima Lopes (FL): Quem precisa de treinar a voz regularmente?

Luís Madureira (LM): Em primeiro lugar, todos os profissionais de espectáculo, nomeadamente actores e cantores.

Mas uma vez que a “performance” pública abrange múltiplas profissões, sempre afirmei que locutores de rádio e televisão, professores, políticos, magistrados, conferencistas e demais oradores, deveriam ter direito, na sua formação, a aulas de preparação/técnica vocal, o que foi sucedendo a partir dos anos 80 do século vinte a pouco e pouco, e sem um total conhecimento dessa necessidade. Daí que, só em situações de cansaço vocal, os referidos profissionais, normalmente aconselhados por médicos laringologistas, recorram a esse apoio.

FL: Com que frequência uma pessoa, que usa regularmente a voz, deve ter aulas de voz?

LM: Semanalmente.

FL: Que cuidados é que, quem não usa a voz profissionalmente, deve ter com a sua voz?

LM: Todos os cuidados implícitos na defesa do seu aparelho vocal, nomeadamente, atenção a mudanças súbitas de ambiente (calor/frio); ar condicionado; consumo de bebidas exageradamente frias e/ou quentes; alimentos que provoquem refluxo; tabaco; álcool em excesso; para citar alguns exemplos.

FL: Devemos aquecer a voz de manhã, ao acordar?

LM: Claro que sim, mas para que esse aquecimento tenha resultado, há que conhecer alguns exercícios simples, que deverão ser aconselhados por terapeutas da fala e/ou professores de canto.

Nota: Fotografia por Verónica Silva.

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais