10 formas de diminuir o nosso desperdício de forma gratuita

Mafalda Pinhão // Outubro 11, 2021
Partilhar
desperdício
desperdício

Existe uma ideia, em certa medida, de que para sermos mais sustentáveis precisamos de adquirir novos materiais, mais sustentáveis que os anteriores. Mas a verdade é que a maior parte do nosso desperdício reside nas escolhas diárias que fazemos. A boa notícia é que basta um pequeno ajuste, uma fase de adaptação, para serem naturalizadas escolhas mais sustentáveis nas nossas rotinas. 

Diminuirmos o nosso desperdício diário não precisa de passar por adquirir novos produtos, substituir outros ou gastar mais para que tenhamos um impacto mais sustentável. Passa, sim, por repensar a forma como interagimos com o nosso mundo exterior.

Aqui estão 10 formas simples de diminuirmos o nosso desperdício sem, por isso, diminuirmos o valor da nossa carteira:

1. Reutilizar t-shirts e toalhas velhas para panos de limpeza

É habitual que ao longo de anos de utilização, t-shirts, toalhas ou outros tecidos acabem por se desgastar e não sirvam para o propósito que sempre tiveram. No entanto, podemos cortar esses tecidos em pedaços de tamanhos diferentes e reutilizá-los para novas funções, como, por exemplo, para panos de limpeza domésticos.

2. Quando tomamos banho, podemos armazenar a água inicial 

Levante a mão quem liga a torneira quando vai tomar banho e a água quente demora a chegar (me!). Essa água acaba por ser desperdiçada se não a armazenarmos noutro local, por isso ter um dispensador, um alguidar ou outro objeto que sirva para esse propósito poupa o recurso mais importante da Terra. Simultaneamente poupamos também dinheiro ao reutilizarmos essa água para outras funções como: regar plantas, utilizar para recarga de autoclismo, fazer sopa, lavar as mãos, etc..

3. Limpar os ouvidos com toalhas

Como assim não precisamos de utilizar cotonetes para limpar os nossos ouvidos? Na verdade, não é o objeto mais recomendado para o fazer e, por isso, uma alternativa possível poderá ser depois do banho limpar os ouvidos, ainda molhados, com uma toalha em vez de utilizar cotonetes de material descartável, todos ou quase todos os dias. 

4. Trocar roupa

Não precisamos de gastar dinheiro para ter um armário novo. Muitas vezes as pessoas que estão à nossa volta têm exatamente aquilo que precisamos e/ou queremos, sem termos a necessidade de comprar algo novo. Poupamos na carteira e nos recursos, ao mesmo tempo que inovamos o nosso armário dando vida ao que já existe.

5. Deixar a roupa num cabide na casa de banho durante o banho, em vez de a passar a ferro

Se alguma peça de roupa necessitar de ser passada a ferro, podemos durante o banho colocá-la num cabide na porta e os vapores, resultado de um duche quente, irão ter a função de dar o efeito liso que o ferro oferece à roupa sem necessidade de gastarmos energia, tempo e dinheiro.

6. Bidé como papel higiénico

Uma prática (ainda) não muito popular, mas das que provavelmente faz  mais sentido adotar.

Utilizar papel higiénico, para além do gasto de água e recursos durante a sua produção, não é a opção mais higiénica e, muito menos, a mais sustentável. Por isso, utilizarmos um bidé portátil ou o nosso próprio bidé para nos lavarmos e toalhas em formato pequeno para nos secarmos (como aquelas que podemos reutilizar através de t-shirts ou toalhas antigas) para realizar a nossa higiene, poupa muitos recursos e acabamos por nos sentir mais limpos e limpas e mais amigos e amigas do ambiente!

7. Priorizar a máquina de lavar louça ao invés de lavagem manual 

Tentar ao máximo não lavar a louça à mão ou passar a louça por água antes de a colocar na máquina, melhorando o programa que utilizamos na nossa máquina de lavar louça, o produto que estamos a utilizar ou ambos para que possamos diminuir ainda mais o gasto de água de forma desnecessária.

8. Preparar as compras

Back to basics! Preparar as nossas compras ajuda-nos a refletir sobre as refeições que vamos realizar durante a semana, o que, por sua vez, também evita que exista desperdício alimentar porque assim a comida não acaba por ficar esquecida no frigorífico e/ou na despensa.

9. Compostar 

É gratuito e existem já diversas formas de o fazer, tanto em casa ao criar o nosso próprio compostor, ou adquirindo um sistema já desenhado para esse propósito, como de forma comunitária através de algumas freguesias ou hortas urbanas espalhadas pela cidade. Basta querer! 

10. Dormir 

Dormir bem é uma das principais bases para um estilo de vida saudável e, por isso, também para um estilo de vida mais sustentável. Assim, e dado que, ao dormirmos as horas necessárias estamos mais aptos e mais claros para poder tomar decisões de uma forma mais ponderada e, muitas vezes isso quererá dizer mais sustentável, esta poderá ser uma das medidas mais importantes para cuidarmos do mundo à nossa volta através do nosso poder de decisão diário.

Se cuidarmos do nosso bem-estar interior e exterior, diminuirmos o nosso consumo e reutilizarmos aquilo que já temos, teremos a chave para o sucesso de diminuir o nosso desperdício. 

Bons ajustes!

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais