10 Estratégias para construir uma vida Slow

Sofia Pereira // Fevereiro 28, 2024
Partilhar
slow
slow

À data, são cerca de 980 000 000 os resultados que o Google mostra, após uma rápida pesquisa em torno do conceito de «Slow Movement». Apesar desta imensa quantidade de informação, continuo a verificar a necessidade de se desmistificar o conceito «Slow».

Para ser Slow não necessita de abandonar a sua vida atual, deixar tudo para trás e ir viver para o campo ou para a floresta, longe de tudo e de todos. Também não precisa de adotar o ritmo de um caracol ou de uma tartaruga para executar as suas tarefas. Ser Slow não é ser preguiçoso e não ser produtivo

Vários autores descrevem o Movimento Slow como o Movimento do Equilíbrio. O equilíbrio entre o rápido e o devagar, o mais e o menos. 

Raquel Tavares, fundadora do Slow Movement Portugal, afirma que «ser Slow é sobretudo estabelecer limites à tendência super fast». Para tal, defendo que é cada vez mais necessário estarmos conscientes dos ritmos e limites individuais. Para mim, apenas a partir desta consciência individual e consequente disciplina é possível travar o ritmo frenético a que cada um de nós vive. Trata-se, em primeiro lugar, de um trabalho focado no EU, que exige tempo, esforço e energia. 

Ser Slow é, em primeiro lugar, uma escolha consciente.

Inspirada pela grande e rica quantidade de informação disponível, apresento-lhe, de seguida e de forma breve, este conceito. 

Ser Slow é: 

  • Prolongar o presente e viver sem pressa;
  • Conhecer e respeitar os ritmos e limites individuais;
  • Apreciar as pequenas coisas da vida;
  • Viver presente no momento, aqui e agora;
  • Fazer uma coisa de cada vez,
  • Ter tempo para si e para os outros;
  • Respeitar os ritmos naturais;
  • Partilhar vivências, emoções, desejos;
  • Ter tempo para crescer e brincar;
  • Saborear a viagem, vivendo cada local;
  • Ser o contrapeso para o ritmo frenético;
  • Saborear o prazer das coisas simples;
  • Produzir e consumir de forma consciente;
  • Humanizar as relações.

Quais são os benefícios de adotar  um estilo de vida Slow?

São várias as evidências de que a adoção de estilo de vida Slow tem um efeito positivo e significativo em diferentes aspetos da nossa vida. Destaco: bem-estar, felicidade, otimismo, realização pessoal, diminuição de stress, perceção de saúde, criatividade, estilo de vida saudável, gestão de tarefas, tempo em família, humanização das relações, tempo livre, capacidade de concentração, satisfação com a vida.

Acredito que se esteja a questionar como pode adotar um estilo de vida mais Slow, por isso vou deixar-lhe, agora,  10 estratégias práticas que o podem ajudar a cultivar uma vida Slow em diferentes áreas. Lembre-se de que o Movimento Slow valoriza a consciência, a apreciação e o equilíbrio

Quais são os primeiros passos para construir uma vida mais slow?

1. Tempo de qualidade para si mesmo

  • Reserve momentos diários para a reflexão, meditação ou simplesmente para estar consigo mesmo.
  • Desconecte-se de dispositivos eletrónicos regularmente para evitar distrações constantes.

2. Alimentação consciente

  • Desfrute de refeições sem pressa. Saboreie e preste atenção à sua refeição.
  • Experimente cozinhar refeições em casa, valorizando ingredientes locais e sazonais.

3. Conexão com a natureza

  • Passe tempo ao ar livre, aproveite a natureza e respire ar fresco.
  • Cultive um pequeno jardim ou envolva-se em atividades ao ar livre que aprecie.

4. Equilíbrio no trabalho

  • Defina limites claros entre o trabalho e a vida pessoal.
  • Introduza pausas curtas durante o dia para relaxar e recarregar.

5. Cultive relações sociais significativas

  • Dedique tempo a relacionamentos pessoais, mantendo conexões autênticas.
  • Participe em atividades com amigos e familiares para fortalecer laços.

6. Consumo consciente

  • Avalie as suas necessidades reais antes de fazer compras impulsivas.
  • Opte por produtos duradouros e éticos, apoiando práticas sustentáveis.

7. Atividades criativas e de lazer

  • Envolva-se em atividades que o inspirem e tragam alegria, como arte, música ou leitura.
  • Desenvolva hobbies que promovam o relaxamento e a expressão criativa.

8. Movimento consciente

  • Escolha atividades físicas que aprecie, como caminhadas, yoga, dança ou corrida.
  • Pratique esses exercícios de forma consciente, isto é, colocando a sua  atenção no corpo e na respiração.

9. Simplificação e organização

  • Avalie regularmente os seus compromissos e elimine o que não é essencial.
  • Mantenha os espaços organizados para promover um ambiente tranquilo.

10. Aprendizagem contínua

  • Explore novas ideias e conhecimentos de forma gradual, sem pressa.
  • Esteja aberto a mudanças positivas, incorporando-as na sua vida aos poucos.

Lembre-se de que a transição para uma vida Slow é um processo gradual.

Escolha algumas destas estratégias que ressoam em si e incorpore-as na sua vida aos poucos. A chave está na consistência e na busca de um equilíbrio que seja significativo para si.

Ler mais

Social Media

Copyright © 2023 Simply Flow. Todos os direitos reservados.

Este site utiliza cookies para melhorar a sua experiência. Aceitar Saber mais